Andrea Roque Neiva

Propósito

A palavra “propósito” está totalmente em alta, mas antes ninguém sabia o que era. Estudei para passar no vestibular, entrar na faculdade, ter um emprego e ganhar dinheiro. Não me falaram sobre seguir o coração e a intuição, nem me disseram que o trabalho poderia ser feito por amor. Naquela realidade, propósito era “conto de fadas”.

Existiam as profissões que rendiam mais dinheiro. Escolhi uma delas. Ingressei no curso de Direito em uma universidade federal, ganhei um carro e planejava entrar no magistrado. Contudo, troquei os planos pela vida em São Paulo. O desejo de morar na capital paulista era tão grande, que não pensei duas vezes e me desapeguei de tudo. Cheia de sonhos, fiquei deslumbrada com a cidade onde tudo acontece.

Conheci o meu ex-marido, engravidei e casei. Tentei confiar meus filhos às babás, mas a ansiedade por deixar as crianças com outras pessoas me fez optar por ser dona de casa. A decisão em alguns momentos gerou crises existenciais, sentimento de inferioridade e dependência financeira. Hoje entendo claramente que eu estava no propósito daquele ciclo da vida. Mesmo quando estamos inconscientes, a sabedoria maior nos conduz ao caminho certo.

Com o crescimento dos filhos, cresceu também a necessidade de seguir novos rumos. Comecei a estudar o comportamento humano e, assim, descobri a paixão da minha vida. Mergulhei profundamente em autoconhecimento e no modo de funcionamento das pessoas. Com o divórcio, decidi que empreenderia, mesmo sem saber por onde começar. Intuitivamente, vieram as perguntas: “quais são os meus talentos? Quais valores preciso respeitar? Com o que sentirei prazer em trabalhar?.

Assim surgiu o Coaching de Imagem. A estética é um valor que nasceu comigo. Sempre enxerguei a beleza que existe em cada olhar. Cuidando dos clientes, fui me curando também. Cada atendimento nutria mais satisfação e alegria em mim. Quando fazemos o que amamos, o trabalho nos enche de energia e realização.

A empreendedora dentro de mim sempre teve muita criatividade e disposição. As oportunidades se abriram com sincronicidades lindas, cada vez mais impressionantes. Após um ciclo de sete anos, o coração chamou para uma nova fase. Estava no auge da carreira. Status, nome no mercado, dinheiro e ainda um vazio. Decidi mudar e esperar o novo se apresentar.

Comecei um ano sabático. Não foi fácil me adaptar à ideia de “não fazer nada”. Precisei administrar muitos medos, inseguranças e cobranças que eu mesma fazia. Sentia muita culpa e receio por investir tempo e recursos em uma aventura de autoconhecimento. Hoje agradeço pela minha coragem, porque foi a melhor decisão que já tomei na vida. Nessa pausa o novo nasceu. Tudo fluiu como tinha que ser.

Uma série de downloads foram canalizados sobre a nova forma de trabalhar com pessoas. Encontrei a chave-mestra das jornadas, a qual chamo de metodologia Integrativa. A metodologia, criada por mim, auxilia pessoas a também transforarem suas vidas. É maravilhoso participar do processo de busca e encontro dos caminhos delas.

Para viver o propósito é necessário abrir mão do controle. Entrega e confiança permitem que tudo se encaixe no tempo certo. Agradeci ao passado absorvendo o aprendizado que ele me trouxe. A cada passo a intuição me revelava o momento seguinte. Tudo me conduziu ao ponto no qual estou hoje. Vivo conectada ao meu propósito, escutando a voz do coração e trabalhando feliz.

Post A Comment

× Fale comigo via WhatsApp